5/5 - (13 votes)

Como Matar a Saudade de Alguém Que Já Morreu?

Infelizmente algumas pessoas tem que partem cedo, deixando somente a saudade, outras partem tão rápido que mal dá tempo para se despedir.

Se você tem algum familiar ou conhecido que faleceu ou está muito distante mas você gostaria de matar a saudade desta pessoa, este artigo é para você!

Graças a HIPNOSE matar a saudade de alguém querido é possível!

Mas como?

A hipnoterapia utiliza a hipnose para ultrapassar o fator crítico da mente consciente para ter acesso a mente subconsciente, que por sua vez é responsável por estas “coisinhas”:

  • Memória de longo prazo
  • Emoções
  • Instinto de autopreservação
  • Ociosidade
  • Hábitos

Isso somente é possível graças a memória de longo e as emoções. A mente subconsciente é como um pen drive que armazena absolutamente tudo o que você já viveu, experienciou, sentiu e etc.

Mas porque eu não me lembro de algumas coisas então?

Porque a maior parte do tempo você está na mente consciente, que por sua vez é responsável por estas coisinhas:

  • Memória de curto prazo
  • Racional
  • Analítica
  • Força de vontade

Informações muito antigas você dificilmente conseguirá se lembrar consciente. E é por isso que utilizamos a hipnose, uma vez ultrapassado o fator crítico estamos com acesso a todas as informações da sua vida, assim podemos dizer.

Com isso, podemos utilizar uma técnica de regressão onde sugestionamos para a mente subconsciente trazer uma emoção positiva de um momento feliz no qual você estava com esta pessoa e a partir daí iniciamos o processo que irá depender do objetivo do cliente.

Incrível não é mesmo?

Abaixo tem uma demonstração onde meu instrutor de hipnoterapia Rafael Kraisch ajuda um aluno a se despedir do irmão, confira:

Se você deseja participar desta viagem, entre em contato comigo! Será um prazer te guiar neste processo que sem duvida alguma será muito emocionante!

Meus contatos estão logo abaixo, espero sua mensagem!

Abraço!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu