O que Hipnose?

Também conhecida como Hipnose Clínica

A hipnoterapia é um tratamento complementar que vai atuar diretamente na mente subconsciente que, por sua vez, é a mente que controla sua vida através das emoções, crenças, percepções, sonhos e etc.

A única ferramenta 100% eficaz capaz de acessar esta parte mais profunda do cérebro é a hipnose, por este motivo, o tratamento com remédios não é eficaz em alguns casos, porque ele não atinge essa área extremamente poderosa do cérebro humano que a mente subconsciente.

Se pesquisarmos no Google: Hipnose – ele nos dirá isso: “estado semelhante ao sono, gerado por um processo de indução, no qual o indivíduo fica muito suscetível à sugestão do hipnotizador.” Note que destaquei em negrito algumas partes… Abaixo vou dar um pouco mais de ênfase nelas.

Estado semelhante ao sono: por ver as pessoas de olhos fechados durante o estado de transe muitas pessoas acreditam que hipnose é dormir, o que é um erro. O transe é apenas um estado alterado de consciência e o tempo inteiro você está acordado e atento a tudo e a todos que estão ao seu redor.

O indivíduo fica muito suscetível à sugestão do hipnotizador: outro erro bastante comum é as pessoas acreditarem que a hipnose fere o livre arbítrio da pessoa. Durante o estado de transe você fica muito suscetível as sugestões, porem isto não quer dizer que você fará tudo o que o hipnotizador sugerir. A qualquer momento, se você sentir-se desconfortável, poderá sair do estado de transe mesmo não sendo esta a vontade do hipnoterapeuta.

Então vamos resumir:

Hipnose não é dormir e a qualquer momento você pode simplesmente rejeitar as sugestões do hipnotizador.

“Hipnose é ultrapassar a barreira do fator crítico da mente consciente e estabelecer um pensamento ou sentimento seletivo no subconsciente” – Dave Elman

O modelo da mente

A imagem acima representa o modelo da mente desenvolvido por Gerald Kein. Cada uma delas tem suas funções:

Consciente: atenção, analítica, força de vontade, fator crítico, raciocínio e memória de curto prazo.

Subconsciente: memória de longo prazo, emoções, hábitos, fobias, preguiça e instinto de autopreservação.

A partir do momento que a barreira do fator crítico da mente consciente é ultrapassada, imediatamente o subconsciente da pessoa é acessado e então o hipnoterapeuta inicia o processo de aprofundamento para o cliente atingir o estado de sonambulismo – que não tem nada a ver com o SONO, apenas é o estado mais profundo de hipnose que TODAS as pessoas são capazes de atingir.

Se você não sabe o que é este aprofundamento, assista a este vídeo feito pelo meu professor de hipnose Rafael Kraisch.

Neste modelo da mente de Gerald Kein podemos entender porque a maioria das terapias convencionais costumam não ter muito sucesso para o tratamento de determinados problemas emocionais, pois o que causa o sofrimento do individuo é a emoção sentida por ele.

E no modelo acima, podemos ver que o responsável pelas nossas emoções é o subconsciente que por sua vez é acessado apenas pela Hipnose. Logo, se a terapia não tem hipnose, estaremos lidando com a mente consciente, que por sua vez, não lida com emoções.

Quando utilizar a hipnoterapia e o que ela trata?

A hipnoterapia poderá ser utilizada para a melhora de um grande número de malefícios físico ou mental e pode ser utilizada sem algum tipo de contraindicação ou efeito colateral.

É importante frisar que a Hipnoterapia não tem como objetivo tratar a doença, este é o objetivo da medicina convencional. Dessa maneira, nós não vamos fazer um diagnóstico ou análise daquilo que você sente.

Nós iremos auxiliar você a entender seus problemas, medos, fobias e suas crenças limitantes de uma maneira completamente simples e nada invasiva :).

 

Procurar um profissional qualificado porque mãe, esposa(o) ou seja lá quem for deseja não é o suficiente para que a mudança seja realizada na sua vida, porque o desejo parte delas, não de você. E quando você não quer, a hipnose não ocorre!

A hipnoterapia trata todos os tipos de problemas que você desenvolveu ao longo da vida, ou seja, tudo aquilo que você NÃO nasceu com

  • O mal do século – também conhecido como Depressão (desde um grau “simples” até a mais severa)
  • Tabagismo (vício em drogas ilegais também)
  • Síndrome do pânico
  • Ansiedade
  • TAG (transtorno de ansiedade generalizada)
  • Fobias (medo de avião, barata, cachorro, ratos, medo de dirigir e etc)
  • Insônia
  • Ejaculação precoce (homens e mulheres)
  • Gagueira
  • Roer unha
  • Compulsão alimentar

E vários outros problemas de natureza emocional.

Quantas sessões serão necessárias?

Um hipnoterapeuta formado pela Omni possui total capacidade para tratar seus problemas com apenas uma única sessão. Somente em alguns casos onde há uma depressão mais severa, síndrome do pânico e problemas similares, talvez seja necessário realizar mais de uma sessão. Mas em geral, não ultrapassa mais de 3 sessões. 🙂

Eu posso ser hipnotizado?

Ao contrário que muitas pessoas pensam, hipnose é apenas uma estado natural da mente humana e qualquer pessoa pode ser hipnotizada, desde que ela queira!

Se você possui um cérebro, você é 100% hipnotizável.

Hipnose não é manipulação mental. Existem 2 tipos de pessoas que não são hipnotizáveis e elas são: as que têm medo e que as que não querem.

Que tal um teste bem rápido e simples para saber se você é hipnotizável?

Responda as perguntas abaixo (não vale mentir em):

  • Já conversou consigo mesmo?
  • Já se sentiu emocionado ao lembrar de alguém?
  • Já teve a sensação de que estava sonhando acordado quando estava dirigindo ou na praia?
  • Já se sentiu emocionado ao ler um livro, ver um filme ou série?
  • Consegue contar de olhos fechados de 100 até 1?
  • Consegue contar de olhos fechados de 1 até 100?

Pois bem… Se você respondeu “SIM” para qualquer uma destas perguntas, parabéns, você é hipnotizável.

Clique aqui para entrar em contato

Evite frustrações, procure um profissional formado pela Omni – a melhor escola de Hipnose do planeta.